O que fazer quando dois cachorros se dão mal?

O que fazer quando dois cachorros se dão mal?

O que fazer quando dois cachorros se dão mal?

Costumamos pensar que os cachorros, ao serem animais sociáveis por natureza, sempre se vão dar bem com outros animais. Por isso, muitas famílias pensam em levar outro cachorro para casa.

No entanto, os animais, tal como as pessoas, podem se dar muito mal entre eles. Quando isto ocorre a convivência pode se converter em um verdadeiro quebra-cabeças e os donos não sabem como resolver o problema.

Neste artigo vamos lhe dar os conselhos necessários para que a convivência com dois ou mais cachorros não se converta num inferno. Continue lendo este artigo do PeritoAnimal e saiba o que fazer quando dois cachorros se dão mal.

Também lhe pode interessar: 

5 coisas que faz mal quando passeia o seu cão

Índice

  1. Apresentar dois cachorros
  2. Como deve agir dentro de casa
  3. O que fazer se dois cachorros se derem muito mal?

Apresentar dois cachorros

Aumentar a família canina pode ser muito positivo quando um cachorro passa muito tempo sozinho, mas é importante fazê-lo de forma correta para evitar problemas de compatibilidade entre ambos os cães.

Os cachorros são animais muito territoriais e se sentirem que um novo animal está invadindo o seu espaço, pode haver problemas de agressividade e, podem inclusive tentar atacar o outro cachorro e, na maioria das vezes, não sabemos o que fazer quando dois cachorros se dão mal dentro de casa. Por isso, é fundamental que antes de levar o novo inquilino para casa que se conheçam primeiro em um terreno neutro, como um parque por exemplo.

Pode acontecer se darem muito bem desde o primeiro momento ou que detetar que há rancores entre eles (rosnam ou desafiam-se um ao outro), nestes casos é recomendável começar a dar passeios juntos para se irem habituando à presença do outro em um ambiente relaxando antes de começarem a conviver juntos.

Como deve agir dentro de casa

Os cães consideram a sua casa como um território que devem defender, por isso podem ficar agressivos quando o outro entrar. É muito importante saber o que fazer quando dois cachorros se dão mal para evitar problemas maiores.

Uma das questões mais importantes é a educação dos cachorros. Como dono é o responsável por os seus pets responderem às ordens que lhe dá e que obedeçam às regras de casa. Este é um passo muito importante na hora de introduzir um novo membro na família. Se não se derem bem, pode começar a ensinar ordens ao novo cachorro em separado e ir juntando-os pouco a pouco, à medida que for avançando no adestramento. Desta forma, poderá ensinar cada animal a respeitar o espaço e as posses do outro. Cada um terá a sua cama, o seu comedouro e os seus brinquedos, sobretudo ao início, desta forma haverá menos problemas com possessividade.

Os papéis devem estar bem definidos, você é o líder da matilha e deve deixar isso claro. No entanto, a violência gera mais violência, por isso nunca deve recriminar os seus cachorros gritando com eles ou batendo-lhes, pois além de se considerar mal trato animal, os seus cachorros podem se tornar mais agressivos gerando mais brigas entre eles. Premie sempre os comportamentos positivos.

Entre os animais também há hierarquia, pelo que quando se introduz um novo membro na família, a não ser que um deles seja claramente submisso, pode haver desafios entre eles ou podem rosnar um para o outro. Esta é uma atitude normal e não se deve preocupar.

Por vezes brigam por afeto ao dono, pelo que deve evitar dar mais carinho a um que ao outro e, ao mesmo tempo, mostrando ao veterano da casa que não mudou nada mesmo com a chegada de um novo amigo.

O que fazer se dois cachorros se derem muito mal?

Se seguiu todos os nossos cachorros, mas ainda assim sente que não pode controlar os seus animais e já não sabe o que fazer se os seus dois cachorros se dão mal, o melhor seria consultar um etólogo para analisar a situação e para o ajudar a encontrar uma solução para o problema.

Como explicamos, os grunhidos e os pequenos rancores são habituais entre cachorros, no entanto, quando falamos de lutas graves e situações de descontrole é necessária a visita de um profissional que o guie cm regras e conselhos apropriados para o caso em particular. O etólogo irá ajudar avaliando a sua rotina diária (passeios, exercício e outros), o bem-estar de ambos os cachorros e quais são as causas que estão provocando esta situação.

E você? Tem mais de um cachorro em casa? Como se dão? Como foi a introdução do novo membro na família? Conte-nos tudo nos comentários!

Fonte: Perito Animal

adestramento de cachorro raças de cachorros grande