Erros comuns na hora de ensinar o seu filhote de cachorro

Erros comuns na hora de ensinar o seu filhote de cachorro

Erros comuns na hora de ensinar o seu filhote de cachorro

A chegada de um filhote de cachorro a casa é, sem dúvida, um momento maravilhoso para toda a família humana, de fato, trata-se da esperada de um animal que passará a ser mais um membro na nossa casa.

Antes de ter tomado esta decisão, é importante que entenda que o prioritário é satisfazer as necessidades do seu pet e não que o seu pet satisfaça as suas próprias necessidades, por isso é fundamental que a chegada de um filhote a casa também seja uma experiência bastante positiva para o cachorro.

Para evitar problemas físicos e de comportamento durante o crescimento do filhote de cachorro e, também na sua etapa adulta, neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe mostrar os erros mais comuns na hora de ensinar o seu filhote de cachorro, para que os tente evitar na medida do possível.

Índice

  1. Desmamar o filhote de forma prematura
  2. Perturbar o sono do filhote
  3. Humanizar o filhote de cachorro
  4. Dar-lhe da nossa comida enquanto estamos comendo
  5. Castigar e repreender o cachorro
  6. Não socializar o filhote ou fazê-lo mal
  7. Não lhe ensinar boas maneiras
  8. Não iniciar o adestramento

1. Desmamar o filhote de forma prematura

Este é um erro cruel e muito grave. Aproximadamente ao mês e meio de vida o filhote de cachorro inicia o desmame de forma natural e progressiva, costumando terminar por completo quando o cachorro alcança os dois meses de idade.

Não respeitar o período natural de desmame pela impaciência perante a chegada do filhote é um sintoma claro de que não se têm em conta as necessidades do animal, mas que se prioriza o desejo do dono.

Um desmame prematura não tem apenas consequências negativas sobre o sistema imunológico do filhote, como também sobre a socialização do mesmo, uma vez que não é a família humana que inicia o período de educação, mas sim a mãe. Recomendamos que nunca adote filhotes com menos de dois meses de idade.

2. Perturbar o sono do filhote

Queremos dar todo o tipo de atenção ao filhote com mimos, carícias e jogos, queremos estimulá-lo da melhor forma possível para crescer desfrutando de um pleno estado de bem-estar. Estas interações são imprescindíveis, mas sempre que o cachorro se encontre acordado.

É um erro muito comum (e típico quando há crianças pequenas em casa) o sono do cachorro ser perturbado para iniciar as atividades que referimos antes e isto causa um transtorno ao seu organismo, uma vez que os filhotes dormem muito porque estão em plena fase de crescimento e precisam de toda a sua energia disponível. Por isso, perturbar o sono do filhote é um dos erros comuns na hora de ensinar um filhote de cachorro que pior impacto tem no seu bem-estar, por isso deve evitá-lo.

Até aos 3 meses de idade um filhote pode dormir de 18 a 20 horas diárias e, se quiser cuidar dele e educá-lo adequadamente é imprescindível respeitar esse tempo de descanso.

3. Humanizar o filhote de cachorro

Um bebê humano precisa dos braços e do contato contínua com a sua mãe, mas um filhote de cachorro não é um bebê e infelizmente são muitas as pessoas que ainda não entendem isto e tratam o seu cachorro como se fosse uma criança pequena.

Um filhote precisa de muitos cuidados, mas entre eles não se encontra o fato de ter de ser embalado nos nossos braços, isto incomoda-o e cria nele uma sensação de insegurança pois perde o seu apoio ao não estar em contato com o solo.

Outro erro relacionado com a humanização do cachorro é fazer um cochilo com um cachorro, ou seja, deixá-lo dormir conosco. Durante as primeiras noites o filhote vai precisar de um espaço muito confortável, quente e pode ser que seja necessária uma luz suave e uma bolsa de água quente para se sentir bem, mas não tem que o deixar dormir na sua cama. Se não quer dormir com o seu cachorro quando ele for adulto, não o coloque na sua cama enquanto ainda é filhote.

4. Dar-lhe da nossa comida enquanto estamos comendo

Entre todos os amantes dos cachorros podemos afirmar que este é o erro mais cometido independentemente da etapa vital na qual se encontra o nosso pet.

Se quer que o seu cachorro siga uma alimentação caseira (com o aconselhamento prévio de um especialista em nutrição canina) ótimo, se quer que o seu cachorro siga uma alimentação com ração e premiá-lo esporadicamente pelas suas boas ações com comida humana, ótimo. Mas dar-lhe de comer quando a família humana está comendo é um erro muito grave.

Mas porque é um dos erros comuns na hora de educar um filhote?

Muito simples, vai favorecer o desenvolvimento de sobrepeso e obesidade na fase adulta do cachorro, uma vez que para além da sua alimentação habitual e os prêmios comestíveis, damos-lhe normalmente do nosso alimento enquanto estamos comendo, por isso é fácil ocorrer uma ingestão excessiva de calorias diariamente. O ideal é que o seu filhote tenha o seu próprio horário de refeições e que este seja respeitado.

5. Castigar e repreender o cachorro

Entre todos os erros referentes à educação canina este é um dos mais perigosos, se quer ensinar adequadamente o seu filhote deve entender algo muito básico: o cachorro não deve ser repreendido pelos seus erros, mas sim premiado por aquilo que faz bem. Esta prática conhece-se como reforço positivo e toda a educação do seu filhote deve basear-se neste sistema. Caso contrário, pode desenvolver medos no seu filhote e no futuro lamentar-se por observar um comportamento distante, inseguro e evasivo.

6. Não socializar o filhote ou fazê-lo mal

socialização do cachorro é imprescindível para ter um pet com um caráter equilibrado e, pode definir-se como o processo através do qual o cachorro tem contato com humanos, outros cães e animais. Não dedicar tempo à socialização pode trazer muitos problemas à medida que o tempo vai passando, mas também é igualmente perigoso socializar mal o cachorro.

Se queremos expor o nosso cachorro a novos estímulos devemos fazê-lo de forma progressiva e cuidadosamente, uma vez que se estes estímulos forem massivos e além disso não derem como resultado uma experiência positivo, será muito difícil o filhote de cachorro amadurecer adequadamente.

Além disso, uma má socialização ou uma socialização feita de forma errada, pode fazer com que no futuro o nosso cachorro se torne reativo, assustadiço ou que, simplesmente não saiba comunicar com outros cachorros.

7. Não lhe ensinar boas maneiras

Um dos erros comuns ao educar um filhote de cachorro é, precisamente não o educar como merece. Lembre-se que ele não se sabe comportar e que apenas entende a linguagem humana. Deve ensinar-lhe com muita paciência onde deve urinar e quais são as coisas que pode e não pode morder. Se não fizermos este tipo de educação desde o início, é provável que no futuro o nosso cachorro não se saiba comportar.

8. Não iniciar o adestramento

Por último, devemos lembrá-lo que será imprescindível iniciar o seu cachorro no adestramento quando este tiver entre 4 e 6 meses de vida, que é quando melhor e com mais eficácia aprendem. Ensinar-lhe ordens básicas para cachorros será fundamental para a sua segurança. Se não lhe ensinar as ordens, além de não saber comunicar com ele, estará colocando em risco a sua segurança se em algum momento se quebrar a guia.

Fonte: Perito Animal

adestramento de cachorro como ensinar filhote de cachorro